Home Office, reaproveitamento de espaço.

Gosto muito de decoração, na verdade, gostamos, pois a Val também fica empolgada quando conversamos à respeito, mas muitos ficam perdidos, me incluo, quando querem mudar alguma coisa em casa, meu Deus, que loucura, porque nada combina, se é que deveria haver combinação na criação, rs.
Compramos o sofá, estante, cama, guardarroupa, em várias prestações, naquele bendito carnezinho, mas e aí? Bem, nesse momento, ficamos perdidas no reaproveitamento de espaços, pois sempre tem um livro, uma vela, um vaso, dvds que queremos arrumar nos cantinhos de nossa casa, mas nem sempre o "orçamento" ajuda.
Na revista do Leroy Merlin desse mês, na parte de tendência, vi o home office abaixo e o que mais me chamou a atenção foi o reaproveitamento de espaço na porta, MARAVILHOSO, principalmente pelo fato de ser feito com Pinus, considerada uma madeira barata, perto de outras que conhecemos e o melhor, 100%  reflorestadas, tudo que precisamos numa época de necessidade extrema de sermos ecologicamente corretos.
Verifiquem que tudo foi feito com muito capricho, basta apenas ter boa vontade e bom gosto, mas essa idéia abre um leque de possibilidades, pense nessas prateleiras numa janela, que fica sem opção, apenas uma cortina e um monte de parede mal aproveitada, se você é como eu, tem pouco espaço, que tal essa idéia?



1 comentários:

Santinha 10 de setembro de 2009 10:13  

Boa vontade, gosto é relativo e ser organizados é um bom começo.
Gosto das propostas que a Leroy Merlin apresenta pq como a loja é "faça voce mesmo" e lá tem tudo mesmo...Mas como eu disse tem que exercitar a criatividade né...
Quem disse que um armário com proposta para ser cozinha não fica bem na sala, no quarto ou até no banheiro...?
Mandou bem!

Postar um comentário

Quebrando o gelo.

Sobre esse blog...

Duas amigas que se interessam por tudo que é interessante, inovador e transformador.
Queremos compartilhar nossos gostos, aprender coisas novas e mostrar que ter estilo e gostar do belo não é difícil, basta boa vontade.